PagueVeloz: crescimento de 500% nas operações de cartão de crédito

Startup de tecnologia conta com solução para parcelamento online de débitos veiculares, além de emissão e gerenciamento de boletos bancários para despachantes veiculares

José Henrique Kracik da Silva comemora os bons resultados da empresa nos último mês. Foto: Daniel Zimmermann

José Henrique Kracik da Silva comemora os bons resultados da empresa nos último mês. Foto: Daniel Zimmermann

Pagar o IPVA e outros débitos veiculares em dia nem sempre é fácil. Isso porque, para muitos brasileiros, a despesa extra onera o orçamento e o jeito é parcelar o pagamento. Foi nesta situação que a startup de tecnologia PagueVeloz viu uma oportunidade e lançou a solução de nome homônimo que permite o parcelamento destes pagamentos em até 12 vezes no cartão de crédito em parceria com despachantes automotivos.

A ideia, que chegou ao mercado em junho de 2014, deu mais do que certo: no último mês a PagueVeloz registrou um crescimento de 552% nas operações envolvendo cartão em seus clientes, em relação a janeiro deste ano.

O resultado está ligado à fidelização de clientes e o incremento de novos despachantes na carteira de clientes principalmente em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Além desses estados, a empresa pretende ampliar a atuação em todo o Brasil, com foco também em Mato Grosso e no Espírito Santo.

Esse serviço é voltado exclusivamente para despachantes e hoje atendemos 272 empresas em diversos estados do país. Percebemos que, além da comodidade para quem paga, é uma forma a mais de fidelizar os clientes.

José Henrique Kracik da Silva, CEO da PagueVeloz

Além do parcelamento de débitos, o PagueVeloz conta ainda com serviço de emissão e gerenciamento online de boletos bancários. A plataforma aberta da solução permite a integração com lojas virtuais de forma simples e rápida.

Sobre a PagueVeloz
Fundada em 2013, a PagueVeloz é uma startup de tecnologia com sede em Blumenau (SC) e atuação em todo o país. O sistema permite a emissão e gerenciamento de boletos, envio de SMS e parcelamento de débitos veiculares. Uma das plataformas mais simples do país, o PagueVeloz conta com Interface de Programação de Aplicativos (API) aberta, segundo os padrões atuais de integração via internet, com documentação disponível online, o que permite que qualquer programador o integre a outro sistema.

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem