Software faz gestão de gabinete político

Urna EletrônicaVocê consegue acompanhar se aquelas promessas que seu vereador, deputado ou senador fez enquanto candidato foram cumpridas ao término do mandato? Provavelmente só algumas delas, mas sem ter acesso a informações mais detalhadas. O ano de 2010 já está aí e com ele mais uma eleição irá definir nossos próximos governantes e parlamentares.

O seu candidato está disposto a ter um mandato transparente? Pois agora ele tem a escolha de tornar a relação candidato eleitor mais próxima, prestando conta das ações desenvolvidas ao longo do mandato. Um software catarinense promete ser a ferramenta para que os parlamentares possam organizar demandas de seus eleitores e ações a serem cumpridas. É o IPOL – Inteligência Política, desenvolvido pela empresa Consultoria Sintonia, incubada do MIDI Tecnológico, de Florianópolis.

IPOL Inteligência PolíticaO sistema faz a gestão eletrônica da atividade política, organizando todas as tarefas de vereadores e deputados por data, prioridade e ações pendentes. Armazena e gerencia todos os documentos relativos ao gabinete e está disponível 24 horas por dia por meio da internet.

Um dos grandes diferenciais da ferramenta é a transparência, já que o acesso ao sistema pode ser feito também por qualquer cidadão – que se cadastra e pode apresentar um pleito ao seu candidato.

Pensamos em uma nova funcionalidade já para ser utilizada em 2010. A solicitação pode ser feita por mensagem de e-mail ou on-line e chega direto ao gabinete do parlamentar. O eleitor pode acompanhar a movimentação que o pedido tem no gabinete, tornando o processo mais transparente, já que pode ser acompanhado pela internet.

Frederico Biehl, sócio da Sintonia

O governante tem todos os pedidos organizados, além de ter condições de dar atenção especial a cada um deles. Atualmente, parlamentares de Joinville, Palhoça, Chapecó, Florianópolis, Rio Grande do Norte, Tocantins e Brasília já utilizam a ferramenta e poderão contar com a participação de seus eleitores no processo parlamentar.

Com informações da assessoria de imprensa do MIDI Tecnológico

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem