Rede social catarinense TwigUP quer chegar a 10 mil usuários ainda em 2011

LinkedIn

No próximo dia 28 de março, a rede social TwigUP, com sede em Florianópolis, completa um mês de existência. O fato de ser de Florianópolis não faz da TwigUP uma rede regional. Denise Becker, fundadora do site, diz que empre será uma opção de mercado, porém queremos atingir o mercado nacional. E de acordo com Denise, o número de usuários cadastrados de várias partes do Brasil até surpreendeu nestes primeiros dias da rede. “Hoje estamos com aproximadamente 200 usuários e a meta para 2011 é alcançar 10.000 cadastrados”, diz.

Para atrair novos usuários, Denise aposta na dinâmica do site para organização das amizades. “No TwigUP, entre outras ferramentas de comunicação, o usuário vai reunir e ligar outros usuários ‘plantando’ TwigUPs dos amigos, da família, da empresa, da balada, do time, do colégio, da universidade, da viagem…”, explica. “Os TwigUPs demonstram as ligações entre os indivíduos de forma descendente (‘quem apresentou quem’), além das informações de seus nomes, fotos, vídeos, e=mail e de como se conheceram”.

Coluna Extra, lá mesmo no TwigUP, entrevistou Denise Becker e as três principais perguntas da entrevista você confere abaixo.

Coluna Extra – O que motivou a criação de uma rede social?

Denise Becker – A motivação aconteceu à toa, ócio criativo. Eu estava em janeiro de 2010 na Foz do Iguaçu com as crianças de férias e lendo o livro de Malcolm Gladwell, onde ele apresenta uma maneira instigante e original de entender fenômenos sociais: vê-los como epidemias. Foi lendo um dos capítulos que fala sobre círculos sociais (com tópicos de Milgran) que a ideia surgiu para mim.

Coluna Extra – O que diferencia o TwigUP das outras redes sociais?

Denise Becker – Primeiro, a forma das conexões entre os amigos na hora que planta TwigUPs, quem faz as conexões é o próprio usuário. Segundo, o usuário pode plantar TwigUPs e inserir galhos com amigos que não são cadastrados no site. Terceiro, TwigUP é um arquivo pessoal de amizades. Em cada galho o usuário registra informações diversas e adiciona fotos desssa amizade. Só quem tem acesso a estes dados são usuários cadastrados no site amigos de quem fez o TwigUP.

Coluna Extra – Comercialmente, qual a estratégia que o TwigUP pretende adotar? Já pensa em ferramente ou modalidades para atrair anunciantes ou patrocinadores?

Denise Becker – As publicidades estão em estudos. Quero implantar uma ferramenta que não polua ou “agrida” os usuários visualmente. Parcerias podem acontecer, mas suas divulgações serão em forma de apresentação da rede. Estou também visando o desenvolvimento sustentável da sociedade, através de parceiras com entidades sem fins lucrativos que desenvolvem projetos ambientais, culturais e sociais. A rede social TwigUp dará visibilidade aos projetos dessas entidades.

Acesse o TwigUP no endereço www.twigup.com.

Publicado originalmente no blog Coluna Extra.

Autor: Equipe TISC

Os redatores do blog TI Santa Catarina são jornalistas com larga experiência no segmento de tecnologia e inovação. Para sugestões, críticas e comentários, entre em contato conosco.

Compartilhe esta postagem