Digitalks 2012: Monitoramento de marcas na internet

Entre os palestrantes do Fórum de Marketing Digital – Digitalks 2012, realizado nesta quinta-feira (12), no CentroSul, em Florianópolis, estava o responsável pela área de Metodologia SMC do SCUP, Diego Monteiro, que ministrou a palestra “Como fazer e vender o monitoramento de uma marca”, apresentando a ferramenta que pode trazer eficiência, economia de tempo e de gastos.

Monteiro acredita que o monitoramento é uma grande oportunidade de se estar cara a cara com o cliente. Essa prática expõe os atributos valorizados da marca e do produto, transformando o feedback em inteligência e ações futuras para a empresa.

O monitoramento funciona como um guia não só para as atividades de marketing e produção de uma empresa, mas também para o atendimento, área jurídica, RH, entre outros. É impossível negar o valor do monitoramento, mas o desafio é transmiti-lo aos gestores. É preciso envolver todas as áreas e expor os benefícios, oportunidades e riscos que o monitoramento pode apontar.

Diego Monteiro, área de Metodologia SMC do SCUP

Para Monteiro, uma ferramenta plena de monitoramento deve classificar e analisar a base da informação, mas o uso dela depende dos objetivos que a empresa deseja atingir. É preciso definir um escopo, estabelecer critérios de avaliação, reunir mão de obra, escolher ferramentas e, a partir daí, capturar informação, analisar, gerar relatórios e repassar essa informação conscientizando o cliente. Para ele, uma tendência pouco explorada é o monitoramento regionalizado, que apresenta diversas especificações.

Autor: Equipe TISC

Os redatores do blog TI Santa Catarina são jornalistas com larga experiência no segmento de tecnologia e inovação. Para sugestões, críticas e comentários, entre em contato conosco.

Compartilhe esta postagem