Como conseguir financiamento para inovação

LinkedIn

Conseguir dinheiro para financiar a inovação, principalmente nas empresas de base tecnológica, não é nada fácil e é um dos assuntos que mais desperta interesse de leitores do TI Santa Catarina. Mas há caminhos e “nunca na história deste país” se viu tantas possibilidades de fontes de fomento – em especial de fundos ligados ao Governo Federal.

Nos dias 12 e 13 de abril a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE), com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), irá promover dois eventos voltados à obtenção de recursos para promoção da inovação.

O primeiro deles, a Oficina de Projetos para o Edital Subvenção 2010, será realizado no dia 12 de abril, a partir das 8h30 e terá oito horas de duração. Com a proposta de capacitar os participantes para estruturarem projetos para inscrição no edital Subvenção Econômica, o enfoque do workshop é prático, com exercícios e dinâmicas, embasado nos resultados dos editais realizados desde 2006.

O objetivo do edital é apoiar o desenvolvimento de produtos, serviços e processos inovadores em empresas brasileiras através de subvenção econômica (recursos não-reembolsáveis). Nesse sentido, a oficina é indicada para gestores de empresas de qualquer setor do mercado interessados em identificar oportunidades de financiamento nos editais públicos e também em como elaborar projetos voltados para as seleções.

A atividade irá habilitar o participante a conhecer e elaborar a estrutura, formato e linguagem do projeto; identificar os critérios de avaliação, explícitos e implícitos nos editais; entender o que é inovação incremental; os projetos que podem ser financiados; cronograma, orçamento e contrapartida, além de conhecer o formulário do projeto.

O outro curso que será oferecido no dia 13 de abril terá abordará o tema Como financiar produtos e serviços. O objetivo é apresentar as diferentes formas de financiamento disponíveis no Brasil para lançamento de um produto. Serão conhecidos os editais de financiamento para as várias fases do processo: pesquisa, elaboração do projeto, critérios de avaliação, financiamento e incentivo ao desenvolvimento tecnológico à fase de comercialização. Serão usados como modelos os editais de diferentes fontes de fomento: Finep, CNPq, BNDES, MEC, Petrobras e Faperj. Esse workshop também será iniciado a partir das 8h30, com duração de oito horas.

Assim como a oficina, o curso de financiamento de produtos e serviços também é indicado para gestores de empresas interessados na temática e na elaboração de projetos para editais. O coordenador dos cursos de marketing e vendas da Riosoft José Afonso Oliveira Júnior será o condutor das duas atividades. Ele já participou da avaliação dos editais da Finep, Finep-Sebrae, subvenção, Faperj e BNDES, além de possuir pós-graduação em Marketing – UFF. Também é mestrando em Engenharia da Produção pela COPPE-UFRJ.

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem
  • Pingback: Tweets that mention Como conseguir financiamento para inovação | TISC Tecnologia e Inovação Santa Catarina -- Topsy.com()

  • Joel

    Mas o edital nem foi publicado!!!
    Nem há como saber os requisitos, ainda mais agora que houve avaliação e deve haver mudanças mais profundas no processo.

    ???

  • http://www.lossio.com.br Rodrigo Lóssio

    Joel, no geral os editais de financiamento e subvenção seguem uma mesma linha. Tem algumas preocupações que os empreendedores sempre devem ter em mente quando pleiteiam recursos, especialmente se os mesmos forem em subvenção econômica, ou seja, a fundo perdido. Acredito que, se houverem mudanças em relação ao edital do ano passado, elas deverão ser mais de forma, mantendo as principais características.

    Mas sua preocupação é importante. Vale passar para os promotores do curso.