SC participa de conferência da Anpei

Conferência AnpeiA Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei) promove anualmente uma conferência com o objetivo de demonstrar como a inovação pode ampliar a competitividade das organizações. Neste ano, o evento está sendo realizado em Porto Alegre, marca a comemoração dos 25 anos de atuação da Anpei e tem como tema “A inovação sustentando sua empresa e seu planeta”.

A Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) participa do evento buscando novidades para levar às suas empresas associadas. A nona edição da Conferência Anpei de Inovação deve reunir 600 pessoas, iniciou nesta segunda e termina no próximo dia 10.

A evento abordará ainda temas e formas de praticar uma inovação de valor (value innovation) que resulte em produtos e processos mais eficientes utilizando tecnologias cada vez mais sustentáveis.

A participação da ACATE no evento tem como objetivo buscar boas práticas nacionais para a promoção da inovação e levar as melhores iniciativas para Santa Catarina

Tatiana Fiuza, responsável pela área de Comunicação na ACATE e que participa do evento

Durante a abertura da Conferência, foi destaque o fato de que há algum tempo as empresas brasileiras já se despertaram para a importância da inovação, tanto para o aumento da competitividade, como para a promoção do desenvolvimento do país.

As ações e a sensibilização para que cada vez mais a inovação seja parte integrante das empresas vem crescendo nos últimos anos. Porém, uma nova forma de se estruturar o pilar das empresas brasileiras no ranking da competitividade mundial foi colocada hoje (8) em discussão durante a 9ª Conferência Anpei.

O pilar das empresas deve se firmar a partir de duas bases: inovação e sustentabilidade. Nossa tarefa agora será buscar ações para disseminar iniciativas que tomem esse pilar como princípio. As empresas devem ficar atentas aos sinais econômicos e ambientais que estão se consolidando no mundo. Não é uma tarefa fácil, pensar em inovação sustentável, mas é preciso criar uma consciência empresarial para esse tema.

Maria Ângela Rego Barros, presidente da Anpei

Maria Ângela ainda frisou que inovar é cristalizar o desejo humano em alguma iniciativa e, para isso, é preciso conhecimento, competência e experiência. Segundo a presidente, a Anpei poderá contribuir para auxiliar as empresas a continuarem inovando, mas de forma sustentável, considerando boas práticas com o meio ambiente, seja interno ou externo à empresa.

Com informações da Anpei e de Tatiana Fiuza (ACATE), direto de Porto Alegre

Autor: Equipe TISC

Os redatores do blog TI Santa Catarina são jornalistas com larga experiência no segmento de tecnologia e inovação. Para sugestões, críticas e comentários, entre em contato conosco.

Compartilhe esta postagem