Micromed informatiza hospitais públicos de SC

A Secretaria de Estado da Saúde (SES/SC) está informatizando o sistema de administração e principalmente de atendimento em hospitais públicos, em projeto que teve início em 2009 e pretende alcançar todas as unidades hospitalares. Desenvolvido pela Micromed Sistemas em parceria com a Tríplice Consultoria, empresas especializadas em sistemas de TI e suporte de gestão da saúde, já beneficiou 14 unidades espalhadas por cinco cidades do Estado.

Por meio da solução é possível integrar diferentes processos da gestão, desde o desempenho de profissionais e equipamentos ao consumo de materiais hospitalares e administrativos, além de todo o processo assistencial ao público. Em dezembro de 2011, mais de cinco mil profissionais da saúde já utilizavam o Prontuário Eletrônico da Micromed, que é o histórico do paciente registrado num suporte digital. Em seis meses de uso, o projeto registrou aumento de 25% no número de usuários do prontuário eletrônico do paciente (PEP). Até então, mais de um milhão e 950 mil atendimentos foram registrados pelo sistema e o faturamento da SES/SC também deu um salto positivo. Houve, por exemplo, um aumento de 53% no faturamento médio por atendimento ambulatorial.

A solução oferece acesso online aos diagnósticos por imagem e resultados de exames laboratoriais. Assim os médicos e demais profissionais de saúde podem ter acesso aos resultados destes exames no mesmo momento em que são disponibilizados por quem os executou, pois a integração é realizada de maneira automática e segura disponibilizando estes resultados dentro do prontuário eletrônico do paciente.

Haroldo Rudiger, gerente de projetos da Micromed Sistemas

Desde a implantação da solução, 92% das solicitações de exames foram lançadas através do PEP, ou seja, mais de 863 mil procedimentos foram agilizados pela informatização nestas unidades do SUS em Santa Catarina.

Este foi um grande investimento para modernização gerencial e assistencial de nossas unidades, pois trabalhamos em um setor de alto impacto social, caracterizado por recursos escassos e demandas crescentes.

Maurício Castro, gerente de Tecnologia de Informação da Secretaria de Estado da Saúde de SC

Sobre a Micromed
Com sede em Joinville (SC), possui filial em Florianópolis (SC) e canais de negócios em Curitiba (PR), São Paulo (SP) e Aracaju (SE). Tem forte atuação no mercado de gestão da saúde com foco em Hospitais Públicos, Hospitais Filantrópicos, Hospitais Privados, Clínicas de Diagnóstico por Imagem e Consultórios Médicos. Atualmente possui projetos implantados nos Estados de Santa Catarina, onde foram instalados sistemas de Prontuário eletrônico, nos 14 hospitais públicos Estaduais; Ceará, em uma parceria com a Unimed Ceará e Unimed Cariri; Sergipe numa parceria educacional com SENAC-Aracajú; no Estado do Paraná em hospitais privados e Clínicas de diagnóstico, através dos softwares de Gestão Hospitalar, Gestão de Clínicas e Consultórios e Gestão especializada em medicina Diagnostica.

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem