InovAtiva Brasil, do MDIC, recebe inscrições até 28.06

LinkedIn

inovativalogoAs startups de Santa Catarina têm até o dia 28 de junho para se inscrever na terceira edição do programa InovAtiva Brasil, iniciativa do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) que prevê capacitação, mentoria e conexão com o mercado para empresas inovadoras. Serão selecionados 300 projetos com o objetivo de desenvolver o ambiente inovador brasileiro.

Nas duas edições anteriores, o programa recebeu mais de 2,3 mil inscrições de projetos, dos quais 178 receberam mentoria e 95 foram finalistas, participando de uma banca formada por investidores, profissionais e grandes empresas com o objetivo de captar recursos financeiros, negócios e parcerias para essas startups. Na avaliação do secretário de Inovação do MDIC, Marcos Vinícius de Souza, o maior diferencial desta edição é a aproximação com entidades e fundos de fomento.

Dentro da parceria com o Senai, as startups finalistas do programa terão acesso diferenciado ao Edital Senai Sesi de Inovação 2015, que tem orçamento previsto de R$ 40 milhões dividido em três ciclos anuais. Além disso, o Senai vai participar da banca final do InovAtiva 2015, quando escolherá um dos projetos para receber um aporte de R$ 400 mil. Outras 12 empresas poderão receber recursos na ordem de R$ 50 mil para fazer a prototipagem em laboratórios de inovação do SENAI.

Por meio de projeto aprovado pelo MDIC junto ao Prosperity Fund, programa de cooperação do Reino Unido,  15 startups finalistas do InovAtiva vão participar de um programa de imersão no mercado britânico. Os projetos com perspectiva de internacionalização terão a oportunidade de conectar seus negócios a investidores, aceleradoras, empresas e outros atores locais.

Quem pode participar

Estão aptos a se inscrever no InovAtiva Brasil negócios pré-operacionais ou empresas estabelecidas com até cinco anos de operação, cujo faturamento anual não supere a casa dos R$ 3,6 milhões. As startups também não podem ter recebido investimentos externos superiores a R$ 500 mil. Novos negócios (spin-offs) criados por empresas estabelecidas há mais de cinco anos também podem participar.

Os 300 projetos selecionados terão suporte e acompanhamento de mentores – empreendedores de sucesso, executivos de médias e grandes empresas, investidores e consultores – que ajudarão as startups a compreender o mercado em que seus negócios estão inseridos e a desenvolver seus produtos. Desse grupo, serão selecionados os 100 negócios mais estruturados para participar, em São Paulo, de uma banca de apresentação a investidores e grandes empresas.

Todas as atividades do programa são gratuitas aos participantes.

As inscrições podem ser feitas no site: www.inovativabrasil.com.br.

Compartilhe esta postagem