Futurecom 2011: Expedição irá medir qualidade da banda larga em SC e no Brasil

LinkedIn

Uma caravana que irá rodar mais de 25 mil quilômetros pelo país para medir a qualidade da banda larga e descobrir a realidade da infraestrutura de telecom de 100 cidades brasileiras. Esta é a Expedição WDC/Abranet, que pretende criar uma radiografia buscando in loco estas informações. O projeto foi apresentado nesta segunda-feira, durante a Futurecom 2011.

As cidades que terão preferência para serem visitadas pela expedição são principalmente as contempladas no Plano Nacional de Banda Larga, anunciado ano passado pelo Governo Federal. Outros municípios e capitais também estarão no radar do projeto, que tem a WDC Networks e a Abranet como realizadores. A camionete da expedição seguirá a rede de fibra ótica que a Telebras tem espalhada pelo país.

Santa Catarina está na rota e irá receber a Expedição WDC/Abranet até o fim de 2011. Blumenau, Joinville e Florianópolis são as cidades contempladas. O objetivo é finalizar a incursão pelo país até janeiro de 2012. O início será ainda em outubro.

A ideia surgiu após uma viagem que fiz ao Nordeste, onde percebi que em diversas regiões, até as mais distantes, a internet está disseminada. Mas qual é a qualidade de conexão e acesso? Queremos com a Expedição mostrar esta realidade e o quanto o país precisa avançar para melhorar sua infraestrutura.

Vanderlei Rigatieri, presidente da WDC Networks e idealizador do projeto

A expedição irá medir a qualidade de conexão principalmente de provedores regionais que operam com tecnologias como rádio, fibra ótica, entre outras. As empresas que desejarem integrar a pesquisa poderão entrar em contato diretamente com a organização da Expedição.

A Expedição será de fundamental importância para conheceremos especialmente a realidade do interior do país – fundamental para a universalização da internet no Brasil. Irá servir também para pautar as políticas públicas de incentivo à banda larga, bem como o esforço da iniciativa privada no investimento desta expansão.

Eduardo Neger, presidente da Abranet

Em cada região serão desenvolvidas também ações sociais e todo o carbono gerado da expedição será neutralizado por meio de plantação de árvores.

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem