Fundo Sul Inovação tem R$ 50 milhões para startups B2B

LinkedIn

A gestora FIR Capital BZ Plan – responsável pelo Fundo SC, que investiu R$ 12 milhões em cinco startups desde 2010 – apresenta ao mercado o Fundo Sul Inovação, que conta com R$ 50 milhões a serem aportados em até 12 empresas do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O foco são startups de tecnologia que atuem no mercado corporativo (B2B) e faturamento anual de até R$ 3,6 milhões. Cada empresa poderá receber até R$ 7,5 milhões em investimentos. O objetivo é alocar todo o recurso ao longo de cinco anos.

O fundo conta com recursos da FINEP e de outros investidores privados, e continua aberto para receber novos recursos. Para o diretor-presidente da BZ Plan, Marcelo Wolowski, o perfil desejado para os aportes é de empresas mais maduras,  que já tenham seu modelo de negócio funcionando e de preferência que estejam faturando. Também buscam startups com pelo menos dois ou três sócios, e que as equipes sejam multidisciplinares o que, segundo ele, impacta diretamente no desempenho operacional da empresa investida.

Fundo Sul Inovação procura startups maduras com modelo de negócio validado e faturamento até R$ 3,6 milhões, diz Wolowski

Fundo Sul Inovação procura startups maduras com modelo de negócio validado e faturamento até R$ 3,6 milhões, diz Wolowski

“O investimento em tecnologia e inovação é hoje uma necessidade de qualquer segmento econômico, por isso o setor deve manter a curva de crescimento nos próximos anos. Empresas inovadoras possuem  o comportamento desconectado da macro economia e mesmo num cenário ruim, os negócios baseados em tecnologia continuam a crescer”.

Marcelo Wolowski, diretor-presidente da BZ Plan.

Fundada em 2002 no ambiente da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE), a BZ já analisou mais de 800 negócios e tem um time formado por empreendedores, como Marcelo Amorim, um dos fundadores da Anjos do Brasil e membro do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC). Amorim é especialista em criar e vender negócios de tecnologia: as três empresas que fundou foram vendidas nas últimas duas décadas. Entre os cotistas do Fundo Sul Inovação estão a Finep, a Agência de Fomento do Paraná, entre outras pessoas físicas e jurídicas.

A primeira operação gerida pela FIR Capital BZ Plan, o Fundo SC apostou em cinco startups B2B catarinenses com faturamento zero e alto risco na modelagem de negócios: Axado, Clube de Autores, CataMoeda, MyReks e ClicBusiness. Mesmo com a economia desfavorável, todas as empresas cresceram no último ano.

Compartilhe esta postagem