Empresas de TIC e investidores frente a frente

As empresas de tecnologia no Brasil e em Santa Catarina sempre enfrentaram muitas dificuldades para conseguir capital para crescerem e se alavancarem. Especialmente porque, na sua maioria, o único bem de garantia que elas têm são as próprias pessoas – nada mais. Nos últimos anos, a oferta de financiamentos voltados para o setor de tecnologia multiplicaram-se. Para se ter idéia, só o orçamento anual da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), ligada ao Governo Federal, cresceu em sete vezes nos últimos sete anos.

Santa Catarina já se beneficia muito destes programas, especialmente do Juro Zero e da Subvenção Econômica, ambos criados e com editais nos últimos três anos. Neste mesmo período, outras alternativas de financiamento surgiram com força no segmento de tecnologia, especialmente a de investidores – anjos, fundos de capital de risco, grandes empresas, entre outros.

Primeira edição do Seed Forum, em Dezembro de 2007

Primeira edição do Seed Forum, em Dezembro de 2007

Investidores de todo o país estarão na próxima segunda-feira, dia 11 de maio, em Florianópolis para participar do Seed Forum Progressus. A proposta do evento é aproximar start-ups e investidores, criando uma oportunidade para os pequenos empresários apresentarem e capitalizarem seus planos de negócio e projetos.

A crise econômica mundial não inibe esse tipo de investimento: de um lado, fundos interessados em investimentos com grande potencial, de outro, pequenas empresas precisando de recursos para crescer e se tornarem competitivas em meio a um cenário de dificuldades. Como catalisador, o fato de a tecnologia ser um dos setores mais promissores diante da crise e de reunir empresas com perfil altamente inovador.

Muito mais que mostrar esse cenário para as empresas, o evento tem como objetivo sensibilizá-las sobre essa cultura de negócios.

Jamile Marques

Apesar de serem muito visadas por esse tipo de investidor, as pequenas empresas de base tecnológica ainda não sabem como podem se beneficiar de um investimento como esse que, além dos recursos, injeta experiência, relacionamento e visão estratégica nos negócios.

Jamile Sabatini Marques, coordenadora da incubadora MIDI Tecnológico

O evento é promovido pelas incubadoras catarinenses CELTA/CERTI, MIDI/ACATE, CRIE/Unisul, IEB/UFSC e CITeB/Univali, por meio do projeto Progressus que tem o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP/MCT). Para participar do Seed Forum, as empresas passaram por um processo de avaliação e as selecionadas receberam um treinamento aprofundado sobre relacionamento com investidores e sobre como preparar a empresa para o aporte de recursos. Os empresários também foram preparados para a apresentação e o encontro com os potenciais investidores.

Sobre o evento
O Seed Forum Progressus será dividido em duas etapas: uma aberta ao público e outra exclusiva para empresas e investidores. O evento será aberto com palestras da FINEP, da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) e da empresa Suntech, de Florianópolis, que irá compartilhar sua experiência com o aporte de investimento. A etapa restrita do evento terá acesso autorizado apenas para as empresas selecionadas e investidores inscritos. Nesse momento será feita a apresentação de cada empresa e o contato entre elas e os investidores.

Investidores ainda podem se inscrever
Investidores interessados em participar do Seed Forum Progressus ainda podem se inscrever no evento. O cadastro pode ser feito no site do evento.

Com informações da Assessoria de Imprensa da ACATE

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem