Como apresentar ideias e captar investidores

Faça a DiferençaA AIESEC Florianópolis promove no próximo dia 27 de agosto a segunda edição Faça a Diferença (FaD), que terá como tema “Investindo em Ideias“. No encontro, a organização pretende colocar em pauta como uma empresa ou projeto pode ser desenvolvido com o objetivo de atrair investidores.

Incentivar o empreendedorismo inovador é um dos objetivos do evento, organizado por jovens da AIESEC da capital catarinense. A entidade atua há 7 anos em Santa Catarina e está baseada na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), modelo desenvolvido em todo o mundo pelas unidades de 107 países. A AIESEC é uma organização internacional que estimula os jovens a explorar e desenvolver seu potencial para criar um impacto positivo na sociedade.

AIESECNo evento do dia 27, serão três palestras com referências catarinenses e nacionais em empreendedorismo e investimentos. O diretor executivo do Sapiens Parque, José Eduardo Fiates, abre o ciclo com a palestra tema do FaD, em que abordará como se dá o processo de investimento em ideias. Em seguida, Marcelo Cazado, diretor do primeiro grupo de investidores anjo de Florianópolis, o Floripa Angels, irá apresentar o perfil de quem investe em projetos inovadores e ideias de negócios. Por fim, Guilherme Jacob, empeendedor da Akakia, uma das franquias de cosméticos que mais cresce no país, irá compartilhar sua experiência e como ideias inovadoras podem se transformar em empreendimentos de sucesso.

Faz parte da missão da AIESEC capacitar os seus membros para que se formem líderes socialmente responsáveis. Empreendedorismo e inovação fazem parte de uma formação completa de uma liderança, com uma visão voltada para o mercado. Fizemos um recorte do assunto, focando em como desenvolver ideias para buscar investimentos.

Jerusa dos Santos, vice-presidente de marketing da AIESEC em Florianópolis

A programação do evento pode ser conferida no site do evento. As inscrições custam R$ 30, sendo R$ 15 para estudantes. Todo o valor arrecadado será destinado para o projeto Business to people, que financia a vinda de intercambistas estrangeiros para trabalhar em organizações não governamentais da Grande Florianópolis e para a própria manutenção das ações de responsabilidade social da AIESEC.

O FaD é uma realização da AIESEC em Florianópolis, com o apoio do SEBRAE, Universidade Federal de Santa Catarina, Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE), Dialetto Comunicação e o TI Santa Catarina.

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem
  • Paulo Venâncio da Silva Junior

    tenho uma grande ideia mas não tenho dinheiro como devo faser? obrigado!

  • gilberto praxedes de oliveira

    tenho um projeto revulucionari,porem de facil clonagem nao comento nem mesmo com minha familia para evitar comentarios,como devo fazer para nao perder meu progeto.como posso fazer,para lançar o produto e registrar.sem ninguem saber,e dinheiro para a conclusao do prototipo.