CIASC comemora 36 anos e debate segurança cibernética

Para celebrar os 36 anos do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC), na próxima quinta-feira (11) às 14 horas, será apresentado o painel “Segurança Cibernética – Desafios para o setor público catarinense”. O evento será no teatro Pedro Ivo, com a presença do governador Raimundo Colombo.

Os recentes ataques noticiados pela mídia nacional e internacional mostram a importância do tema e o painel pretende discutir o assunto. A maioria das empresas no Brasil não está preparada para identificar e quantificar as perdas financeiras registradas durante os eventos de segurança cibernética. Nem são devidamente estruturadas para gerenciar riscos de segurança cibernética em geral.

João Rufino de Sales, presidente do CIASC

O presidente do CIASC será um dos palestrantes. Ele apresentará exemplos de outros países, como Estados Unidos, e ações que podem ser aplicadas na administração pública catarinense. Em seguida, o advogado e especialista em direito eletrônico e digital, Marcos Gomes da Silva Bruno, falará sobre o aspecto jurídico da segurança cibernética.

Embora o número de consumidores cibernéticos cresça rapidamente e nosso sistema jurídico não acompanhe tal crescimento, devemos dar atenção especial à web no âmbito jurídico, investindo em tecnologia e capacitação pessoal.

Marcos Gomes da Silva Bruno

Sobre o CIASC
Inicialmente criado em agosto de 1975 como Companhia de Processamento de Dados do Estado de Santa Catarina (Prodasc) para tratamento de informações e assessoramento técnico, em 1987 a instituição passou por uma reforma e adotou o nome de Ciasc. Hoje são mais de 400 colaboradores trabalhando pela modernização tecnológica. Entre suas ações está a integração dos sistemas informatizados dos órgãos diretos e indiretos da Administração Pública Estadual, processamento, suporte, manutenção e consultoria em tecnologia da informação, não apenas do Governo do Estado, como de várias administrações municipais, conselhos, Ministério Público, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas e Tribunal Regional Eleitoral, entre outros.

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem