Capacitação e inovação ajudam empresas de TI em SC a crescer em 2015

LinkedIn

Estimativa da ACATE é de um aumento médio de 15% no faturamento do setor no estado. Setores como SaaS, cloud e big data seguem em alta.

Última edição do Meetup lotou o Centro de Inovação ACATE. Crédito: Divulgação

Inauguração do Centro de Inovação, que trouxe dezenas de eventos de inovação, foi um dos destaques do setor  em 2015, segundo a ACATE

Investimento em treinamento e capacitação de colaboradores, pesquisa, desenvolvimento e agregação de valor em produtos e serviços. Estas são algumas das mais eficazes receitas adotadas por empresas de tecnologia em Santa Catarina, que conseguiram driblar o cenário de crise no país e crescer em torno de 15% em 2015 segundo estimativa da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE).

O resultado positivo em 2015 foi puxado pelo alto crescimento de setores de TI como softwares para serviço (SaaS), computação em nuvem, marketing digital big data, fintech (tecnologia para finanças) e inovações nas áreas de saúde e agronegócios. Por outro lado, empresas que desenvolvem hardwares e fornecem produtos e serviços para o setor público, por exemplo, tiveram um ano de muitas dificuldades em função da crise econômica. O cenário econômico em 2016, segundo Stark, deve seguir as mesmas dificuldades registradas ao longo do ano, portanto, o setor de tecnologia precisa intensificar as estratégias que geraram bons resultados ao longo do ano. 

“Várias empresas ligadas a esses segmentos registraram um grande avanço neste ano, mais em função da inovação gerada do que pelas condições macroeconômicas do país”

Guilherme Bernard, presidente da ACATE. 

No âmbito catarinense, o setor de tecnologia é favorecido pela consolidação de suas cidades-polo no país: Florianópolis ficou em segundo lugar como o município mais empreendedor do país (atrás apenas de São Paulo) em pesquisa feita pela Endeavor, devido a quesitos como inovação e capital humano. O mesmo levantamento colocou Joinville em nono lugar (à frente de capitais como Rio de Janeiro) e Blumenau na 20a. colocação. Na Capital, a inauguração do Centro de Inovação ACATE Primavera é considerado um marco no estímulo ao empreendedorismo: o espaço concentra dezenas de empresas de tecnologia e serviços e, em menos de 10 meses, recebeu mais de 3,5 mil pessoas e 216 empresas associadas em 32 eventos ligados a TI e inovação.

 

Compartilhe esta postagem