Agências digitais ganham espaço em SC

ACADiO mercado de desenvolvimento de websites de Santa Catarina está vivendo um novo momento – o da profissionalização. Diante do crescimento do potencial da internet como ferramenta para promoção de negócios e de uma maior consciência da necessidade de se ter hoje um posicionamento na web, as agências digitais ampliam sua atuação e a gama de serviços.

Um dos sinais do amadurecimento deste mercado no Estado pode ser creditado à criação da Associação Catarinense de Agências Digitais (ACADi). Criada com o objetivo de desenvolver, normatizar e aculturar o mercado de internet em Santa Catarina, a Associação tem realizado reuniões em diversas cidades do Estado e já conta com 15 empresas associadas. É um dos passos rumo a mudanças de quem contrata comunicação digital em Santa Catarina.

O mercado cliente ainda carece de cultura, informação e apoio para definição e opção dos seus investimentos em comunicação e mídia digital, especialmente quando se fala com PME’s. Esse é um grande desafio que a ACADi e as agências digitais possuem. O nosso estado vem crescendo e acompanhando a evolução e maturidade da comunicação em plataformas digitais, online e interativas. Existe inovação, ideias e propostas, carecendo de uma divulgação melhor dos trabalhos e talento catarinense.

Anderson de Andrade, presidente da ACADi e CEO da A2C

Anderson de Andrade

Anderson de Andrade

A agência de Anderson, de Joinville, é um dos exemplos do potencial catarinense neste segmento, que vem também do fato de o Estado já ser um consolidado polo de alta tecnologia. A A2C se baseia no conceito de full service, em que desenvolve consultoria estratégica, grandes portais e projetos de presença digital, campanhas interativas e de incentivo, projetos de mobile marketing, branding, otimização, links patrocinados, monitoramento de saúde de marca em redes sociais, entre outros serviços.

Grandes empresas catarinenses que antes precisavam recorrer a agências do eixo Rio-São Paulo, hoje optam por agências locais, como a A2C. É o caso de indústrias como a Tigre e a Lepper, companhias como a Datasul/TOTVS e instituições como o Sistema FIESC e SCGÁS.

No mercado catarinense, há espaço ainda para agências com forte atuação regional – é o caso da Área Local, de Rio do Sul.

Sandro Fernandes

Sandro Fernandes

Além de atuar no desenvolvimento de sites, a agência aposta na criação de soluções web que ajudam micro e pequenas empresas, além de entidades, a usarem a internet para se relacionarem. Entre estes sistemas está o Área Central, que permite a gestão de compras conjuntas e comunicação para centrais de negócio ou redes de compras conjuntas. Supermercados, padarias, lojas de materiais de construção e instituições de ensino já são usuárias da solução.

O mercado digital catarinense, no que se refere a soluções para internet, está numa fase muito boa, visto que estamos em um processo evolutivo em que os clientes estão compreendendo que a presença web é importante e deve ser tratada de maneira profissional. É uma percepção não só de granes empresas, mas sobretudo de micro e pequenas, a medida que estes fazem uso da internet e percebem o seu potencial como mais um canal de negócios. Hoje as agências digitais do estado estão aptas a atender essa demanda de serviços e também informações.

Sandro Alencar Fernandes, vice-presidente da ACADi e diretor comercial da Área Local

ACADi reúne-se em Rio do Sul

A capital do Alto Vale do Itajaí será sede do oitavo encontro entre associados da ACADi, no próximo dia 29 de maio, no Parque Universitário Norberto Frahm. Na pauta da reunião está a discussão do plano de trabalho da entidade, as expectativas apresentas na última reunião, realizada em Tubarão e a definição de ações para evolução e melhoria do segmento. Inscrições e informações podem ser obtidas no site da entidade.

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem