Projeto incentiva catarinenses a inovar

Nos últimos anos são diversos os incentivos e programas que estão surgindo tendo como foco uma palavra que está de fato em voga: inovação. São diversas linhas de financiamento operadas por agências de comento como a FINEP, ligada ao governo federal, e a Fapesc, do governo de Santa Catarina. Recentemente, o próprio BNDES, principal financiador da indústria tradicional, se rendeu à inovação e hoje opera algumas linhas tendo este conceito como foco.

Só que antes de se apresentar e pleitear recursos, é preciso entender o processo de inovação e identificar como ele pode de fato mudar a história de um negócio. Está certo que definir o conceito de inovação já é outra história: há uma série de divergências entre o setor produtivo, empresas de TI e os órgãos de governo. De qualquer forma, mecanismos existem e inclusive metodologias, como a do Núcleo de Gestão da Inovação (Nugin) do Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina (IEL/SC). Um programa executado pela entidade, ligada à FIESC, irá selecionar dez empresas para se estruturarem com foco na inovação.

PRONIT

É o Pronit, projeto que visa à implantação e estruturação do arranjo catarinense de núcleos de inovação tecnológica, coordenado pelo IEL/SC. As empresas escolhidas serão estruturadas para investirem em inovação, com a aplicação da metodologia Nugin, receberão consultorias e capacitações, além de serem incentivadas na transferência de tecnologias.

O projeto Pronit, que é financiado pela FINEP e FAPESC, conta com a participação de mais 17 instituições, além do IEL/SC.

Para apresentar o projeto, a entidade está realizando palestras em várias regiões do estado. Ontem foi em Florianópolis, na Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE). Nesta sexta-feira (6), o encontro será promovido em Itajaí e no dia 16, em Joinville. Inscrições e informações por e-mail ou pelo telefone (48) 3332-3050.

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem