Florianópolis ganha plano de ações públicas para Ciência e Tecnologia

LinkedIn

Assinatura do termo de compromisso de gestão da Secretaria de C&T. Crédito: Rodrigo LóssioNa tarde desta sexta-feira, 26 de junho, a Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável (SMCTDES) e o Instituto de Geração de Oportunidades (IGEOF) apresentaram seus planos de ação para os próximos dois anos. A apresentação faz parte da nova política de gestão municipal, onde cada Secretaria irá assumir compromissos e definir metas que serão avaliadas periodicamente.

Na solenidade, realizada na sede da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE), o secretário municipal de ciência e tecnologia, Carlos Roberto De Rolt, o secretário adjunto Alcides Andrade e o superintendente do Instituto de Geração de Oportunidades de Florianópolis (IGEOF), Guilherme Pereira, assinaram o termo de compromisso de gestão, com o testemunho do prefeito Dário Berger, de empresários do setor e representantes de entidades empresariais.

Florianópolis possui dois eixos nítidos de desenvolvimento: o turismo e a tecnologia. O turismo é um dos principais geradores de emprego e renda no município e a tecnologia despontou há alguns anos como o principal PIB de Florianópolis. A tecnologia é uma atividade que parece invisível, mas é muito produtiva, além de ser baseada no conhecimento e na inovação. Com esse compromisso de gestão, a administração quer ser parceira e animadora desses setores para que eles possam se desenvolver como mais uma alavanca de sustentação da economia de Florianópolis.

Dário Elias Berger, prefeito municipal de Florianópolis

Autoridades no lançamento da Secretaria de C&T de Florianópolis. Crédito: Rodrigo LóssioDe acordo com o plano proposto pelo órgão municipal, a Secretaria de Ciência e Tecnologia atuará basicamente em três eixos principais: Talentos, Tecnologia e Redes. A prefeitura quer contribuir por meio de políticas públicas na atração, geração e capacitação de talentos para o setor tecnológico da Capital, considerado pelos empresários um dos principais entraves para um maior crescimento. Neste eixo estratégico Talentos, a Prefeitura pretende também investir em programas de inclusão digital, organizando e incentivando as iniciativas já existentes.

Estimular a criação e o fortalecimento dos ambientes de inovação e dos grupos de conhecimento no município são alguns dos objetivos do eixo Tecnologia. Por fim, em Redes, a Secretaria pretende desenvolver e articular uma rede de relacionamento com instituições públicas, privadas e acadêmicas para poder dividir ações e ser a fomentadora de iniciativas que resultem no desenvolvimento econômico e sustentável do município.

Queremos posicionar Florianópolis como a Capital da Inovação. A criação desse slogan tem como objetivo a união de esforços para alcançar essa meta. A Prefeitura Municipal precisava participar de alguma forma do crescimento deste setor e a criação desta secretaria atende este objetivo.

Carlos Roberto De Rolt, secretário municipal de Ciência e Tecnologia

Para a ACATE, a criação desta pasta para gerir o desenvolvimento econômico do município é um avanço importante.

Esta secretaria representa a construção de uma grande aliança comprometida com o futuro de Florianópolis e do Brasil. Além de apoiar o crescimento do setor de tecnologia, que é um dos principais geradores de riquezas para o município, essa iniciativa vai contribuir para disseminar o conceito de inovação nos outros setores econômicos, como o turismo. Inovar não é apenas desenvolver softwares, mas é também criar novas formar de receber um turista em nossos hotéis.

Rui Luiz Gonçalves, presidente da ACATE

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável aproveitou o evento para lançar também seu portal, dentro do site da Prefeitura Municipal de Florianópolis. Lá, disponibilizou também um PDF com o plano de ações do órgão.

Cobertura ao vivo

O TI Santa Catarina realizou de forma experimental a transmissão ao vivo do evento na última sexta-feira, por meio do blog e também pelo site da ACATE. Além do streaming de vídeo, o Coveritlive foi utilizado para destacar as novidades do evento em tempo real, com a ajuda do Twitter.

Com informações de Adriane Pereira, assessoria de imprensa da ACATE

Autor: Equipe TISC

Os redatores do blog TI Santa Catarina são jornalistas com larga experiência no segmento de tecnologia e inovação. Para sugestões, críticas e comentários, entre em contato conosco.

Compartilhe esta postagem