Escritório de Negócios Internacionais recebe prêmio nacional

Santa Catarina venceu em 2010 apenas uma categoria do Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador, promovido anualmente pela Anprotec. O Escritório de Negócios Internacionais (ENI) foi reconhecido como o melhor projeto de promoção da cultura do empreendedorismo inovador.

O ENI, que faz parte do Centro de Empreendedorismo Inovador da Fundação CERTI, visa a inserção de empresas de tecnologia catarinenses no mercado internacional através da realização de parcerias voltadas ao desenvolvimento e a dinamização da capacidade exportadora destes empreendimentos.

O anúncio dos vencedores foi na última quinta-feira, 23/9, durante o XX Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas e XVIII Workshop Anprotec, que encerra nesta sexta, 24, em Campo Grande (MS).

O prêmio é realizado pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Os vencedores na categoria melhor incubadora de empresas orientadas para a geração e uso intenso de tecnologias são SUPERA Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Ribeirão Preto, na etapa regional sudeste, e INTEC Incubadora tecnológica de Curitiba, regional sul. Pioneira no Paraná, e uma das primeiras do Brasil, a INTEC também foi vencedora na etapa nacional. O Parque Tecnológico de São Leopoldo (Tecnosinos) foi eleito o Melhor Parque Tecnológico do Brasil.

A Hi Technologies, empresa de tecnologia da área médica e incubada na INTEC, gerida pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR), venceu na categoria Melhor Empresa Incubada. Já a Quimlab Química & Metrologia, fundada em 1997 com o objetivo de atender diversos setores que necessitam realizar medições químicas, conquistou o título de melhor empresa graduada.

Os vencedores foram contemplados com diploma, troféu ”Telmo Silva de Araújo”, especificamente para a categoria de Parques Tecnológicos, e um crédito que poderá ser usado em viagens de negócios ou estudo, eventos, cursos ou missões realizadas no âmbito da parceria Sebrae e Anprotec.

Com informações da assessoria de imprensa da Anprotec

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem