Catarinense vence competição latino-americana de rede de computadores

LinkedIn

Aluna do SENAI/SC, Raissa Marcon obteve o melhor desempenho nas provas promovidas pela Cisco

Raissa Marcon passará uma semana na Cisco, na Califórnia, e realizará prova de certificação da companhia (Foto: Divulgação/SENAI)

Raissa Marcon passará uma semana na Cisco, na Califórnia, e realizará prova de certificação da companhia (Foto: Divulgação/SENAI)

Raissa Marcon tem 20 anos e é a primeira brasileira a vencer a etapa latino-americana de uma competição mundial de redes de computadores promovida pela Cisco, uma das maiores multinacionais voltadas ao setor de tecnologia da informação. A estudante do SENAI em Florianópolis, entidade da FIESC, competiu com outros 19 profissionais da América Latina e do Caribe e obteve o melhor resultado nas provas da Netriders. Raissa passará uma semana no centro de treinamento da Cisco, na Califórnia, e poderá realizar a prova de certificação da companhia.

A competição visa a encontrar os melhores alunos das Academias Cisco em todo o mundo. Ela é separada por regiões e os alunos do Brasil competem com os de outras academias da América Latina e do Caribe. Raissa ficou na 17ª posição na fase anterior à etapa latino-americana.

O número de profissionais mulheres no setor de tecnologia da informação cresce gradativamente.

Ainda são poucas as meninas que se interessam por essa área e temos uma grande carência de profissionais neste segmento. Quero ir longe, quem sabe atuar numa empresa de tecnologia no exterior, mas por enquanto meu foco é a Olimpíada do Conhecimento, em setembro.

Raissa Marcon

Leonardo Ortiz, estudante do SENAI em Blumenau, também participou das disputas. Ele e Raíssa foram os únicos brasileiros classificados para a etapa latino-americana. O SENAI, além de atuar como um dos centros de formação e de suporte da Cisco, também treina instrutores.

A Netriders é dividida em três etapas: na primeira, se classificam os 5 melhores alunos de cada Academia Cisco; na segunda fase, os 20 melhores colocados entre todas as academias disputam a etapa final. A competição é composta por prova teórica e prova prática conduzida por colaboradores da Cisco do Brasil, Costa Rica e Estados Unidos.

Autor: Rodrigo Lóssio

Jornalista formado pela UFSC, especialista em Propaganda e Marketing pela UNIVALI, com MBA em Gestão de Negócios, Mercados e Projetos Interativos pelo I-Group. É sócio-diretor da Dialetto e editor executivo do blog TI Santa Catarina.

Compartilhe esta postagem