Adiamento da portaria do ponto eletrônico gera insegurança

Solução da Ahgora (Foto: Divulgação/Ahgora)Acaba de ser publicada no Diário Oficial da União a prorrogação da Portaria 1.510/09, referente à adoção de sistemas de ponto eletrônico por empregadores, que entraria em vigor nesta terça-feira (01 de março). O novo prazo ficou para 01 de setembro. “A indefinição do cenário gera insegurança tanto para as empresas que adotaram o ponto eletrônico quanto para os trabalhadores”, avalia o diretor geral da Ahgora, Lázaro Malta, empresa catarinense que atua como provedora de soluções neste mercado de gestão de ponto eletrônico. Mais de dois mil clientes da Ahgora já haviam adquirido o ponto eletrônico em conformidade com a Portaria, entre elas empresas como a Manaus Energia, Samsung Brasil, Dafra, Vipal, Unimed Sergipe e Call.

Esta é a segunda vez que a data de oficialização da Portaria é adiada. Desde agosto de 2009, o Ministério do Trabalho modifica os artigos da publicação e adia prazos. “O Ministério do Trabalho tinha uma preocupação que os trabalhadores não fossem lesados com possíveis fraudes na gestão de horas extras por parte das empresas e questiono por que, então, prorrogou mais uma vez este prazo?”, questiona Lázaro Malta.

Com informações da assessoria de imprensa da Ahgora

Autor: Diego Cardoso

Jornalista, lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Morbi sagittis, magna ut ullamcorper consectetur, sapien felis faucibus eros, eget gravida lacus risus vel justo. Sed venenatis nulla molestie ipsum faucibus elementum. In posuere mi orci, imperdiet ullamcorper neque malesuada sed. Fusce aliquet eros in tincidunt maximus. In hac habitasse platea dictumst. Donec eros nunc, pharetra id luctus eu, pharetra in risus. Proin eget dolor eget purus sagittis facilisis sed a purus.

Compartilhe esta postagem