Vale do Silício tupiniquim: multi-clusters e lideranças transformadoras

Terminamos hoje a série de posts Vale do Silício tupiniquim, que procurou debater neste espaço o presente e o futuro do polo tecnológico de Florianópolis tendo no horizonte a experiência americana vitoriosa do Sillicon Valley, na Califórnia. Foram 14 aspectos destacados por quem acompanhou de perto o desenvolvimento do polo tecnológico mais conhecido do mundo – William Miller, ex-reitor da Stanford University, que esteve em Florianópolis em novembro. Nos dois últimos itens da lista de Miller, Florianópolis está no caminho na busca de reinventar sua identidade como polo, a partir de clusters de mercado, com lideranças nas mais diversas...

Leia Mais

Vale do Silício tupiniquim: flexibilidade das leis trabalhistas

Seguindo a série de aspectos que norteiam a criação de um polo tecnológico de sucesso, tendo como norte o Vale do Silício, hoje trazemos três pontos ligados a flexibilidade da legislação trabalhista brasileira. Este é um dos aspectos que mais prejudica o país no aspecto de concorrência com os grandes players de serviços de tecnologia no mundo. 3) Políticas trabalhistas favoráveis Países desenvolvidos como os Estados Unidos descobriram há décadas que precisam flexibilizar a relação de trabalho entre empresas e trabalhadores para garantir o crescimento. O governo americano pouco interfere no relacionamento entre empregados e empregadores. O próprio mercado...

Leia Mais

Vale do Silício tupiniquim: o papel da universidade

Iniciamos hoje a série de posts sobre os passos que Florianópolis precisar dar e melhorar para, de fato, poder ser comparada, mesmo que minimamente, ao tão aclamado Vale do Silício. O próprio William F. Miller, ex-reitor da Universidade de Stanford, afirma que nenhum polo tecnológico no mundo conseguirá ser ou chegar próximo a realidade que foi e é o Sillicon Valley para aquela região, para os Estados Unidos e para o mundo. Perseguir e se apresentar competitiva e alguns dos 14 aspectos apontados por Miller já é um grande passo para as regiões tecnológicas. E para Floripa, como um...

Leia Mais
Alkimat: diversificação com o laser
fev11

Alkimat: diversificação com o laser

Usar o potencial do laser para, com criatividade, beneficiar os mais diversos tipos de materiais – do couro aos bordados, do acrílico ao MDF -, contribuindo para segmentos como o da comunicação visual, indústria têxtil e calçadista, brindes e lembranças, entre outros. É assim que a Alkimat Tecnologia, empresa de São José que atua com quatro unidades de negócios, está ampliando sua atuação no mercado catarinense e nacional. A empresa foi uma spin-off corporativa, criada a partir da Automatisa Sistemas, fabricante de máquinas de corte e gravação a laser de Florianópolis. Criada com foco no desenvolvimento de produtos e...

Leia Mais
O laser que cega nossos governantes
jan29

O laser que cega nossos governantes

Desde que criei o blog TI Santa Catarina, em maio do ano passado, nunca usei o espaço Editorial para tecer algumas opiniões minhas sobre o mercado de tecnologia catarinense. Penso sempre em cumprir o objetivo de valorizar as soluções que aqui desenvolvemos – intenção principal deste ambiente. Lendo uma reportagem desta quinta no Diário Catarinense feita pelo colega Renato Igor, que acompanha comitiva do governo catarinense pela Europa, me senti na obrigação de trazer esta discussão para cá. Na matéria, o repórter destaca iniciativa de um grupo italiano que atua no desenvolvimento de equipamentos com tecnologia laser em produzir...

Leia Mais
Página 10 de 16« Primeira...89101112...Última »